10 anos do Crítica (non)Sense – O meu muito obrigado!

Olá meus bons amigos e amigas do blog Crítica (non)Sense da 7Arte!

Impossível ignorar a data de hoje, dia 28 de agosto de 2017.

Então eu vou pedir licença para vocês para, desta vez, não falar de um filme qualquer que eu assisti no cinema ou em casa. Vou falar sim sobre como este espaço chegou a sua primeira década de vida.

Há exatos 10 anos eu começava este espaço. A ideia era falar sobre cinema e compartilhar impressões com vocês. Receber críticas, sugestões, trocar ideias sobre filmes.

Naquela época, claro, eu não imaginava que este espaço chegaria tão longe. Nestes 10 anos, não foram poucas as vezes em que eu pensei em parar de escrever por aqui. Principalmente nos momentos em que o trabalho me consumia muitas energias e tempo…

Mas eu persisti. E muito – ou especialmente – por causa de vocês. Sei que este espaço têm a honra de ter alguns leitores fieis e que me acompanham há muito tempo. Sou especialmente grata a vocês. Assim como agradeço a cada novo visitante que me honra com a sua navegada nestas páginas.

Todos vocês são mais que bem-vindos(as). Saibam que é por vocês que este espaço continua sendo alimentado, mesmo com algumas temporadas de tempo escasso e de outras responsabilidades menos divertidas do que o prazer que eu tenho (e sempre tive) de falar sobre cinema.

Eu só tenho a agradecer pela visita esporádica ou costumeira que vocês costumam fazer por aqui. Muito, muito obrigada!

Não sei por quanto tempo este blog vai funcionar, mas eu espero, sinceramente, que ele ainda tenha uma vida longa. Aproveito também para pedir desculpas por alguns períodos sem novos posts e por estar com as respostas dos comentários de vocês tão atrasada… mas um dia eu coloco a nossa conversa em dia, eu prometo!

Vale também registrar, nestes 10 anos do Crítica (non)Sense da 7Arte, alguns números conquistados até este momento. Por aqui foram publicados 638 posts (este aqui é o de número 639) e o blog recebeu 1,86 milhão de visualizações de 795 mil visitantes.

Tenho a satisfação de ter 279 seguidores do blog pelo WordPress, 209 pessoas cadastradas para receber as novidades por e-mail e 396 pessoas que curtiram a página do blog no Facebook. Sem contar as pessoas que têm acessos aos posts através da minhas contas pessoais no Facebook, no Twitter e no Google+.

Novamente, o meu muito, muito obrigado por vocês fazerem parte desta história. E aguardo algumas sugestões de vocês sobre como podemos comemorar estes 10 anos do blog juntos. 😉

Um dos fieis leitores que ajudou a apoiar o blog há algum tempo foi sorteado e vai ganhar um presentinho do Crítica (non)Sense logo mais, mas eu aceito sugestões para nós todos celebrarmos de alguma forma.

Bem, por enquanto era isso que eu queria comentar. A partir do próximo post, volto a falar sobre filmes e o cinema que tanto amamos. Abraços apertados e beijos grandes em todo(as)! Vocês fazem este espaço ser especial. 😉

Anúncios

Manifesto sobre um novo blog

capturanovovisual2

Boa noite, meus caros e estimados amigos e amigas deste blog.

Hoje, dia 28 de fevereiro de 2017, faltando exatamente seis meses para o blog Crítica (non)Sense da 7Arte completar 10 anos de existência, resolvo escrever e lançar um manifesto sobre um novo blog.

Para isso, gostaria de voltar um pouquinho nas origens deste espaço. Quando eu criei o blog eu estava morando fora do país e cursando um doutorado. Sentia a necessidade não apenas de voltar a escrever sobre cinema, algo que eu fazia antes como jornalista, mas também de experimentar aquela “novidade” dos blogs e da criação coletiva de conteúdos.

Pois bem, muito tempo passou desde então. Voltei para o Brasil, retornei a carreira de jornalista, e novas demandas surgiram no período. Mas não é apenas por isso que eu resolvi mudar este espaço.

Quando criei o blog, há nove anos e meio, a ideia dele era publicar algumas impressões sobre os filmes que eu ia assistindo, compartilhá-las em um ambiente aberto como a internet e interagir com as pessoas.

No início, vários leitores – espero que muitos deles ainda continuem visitando esta página – começaram a me incentivar a escrever mais. Isso porque os meus primeiros textos – e vocês podem confirmar isso acessando o primeiro mês de publicações – não eram tão extensos. Mas, com o tempo, e bastante por causa do incentivo dos leitores, fui fazendo textos cada vez mais longos.

Por causa disso, vocês podem imaginar, cada post com textos longos leva muito tempo para ser feito. Sinto hoje uma necessidade de rever isso. Também sinto a falta de conversar mais com vocês, de trocar mais ideias e de buscar filmes que vocês me indicam no caminho. Retomar a nossa interação.

Por tudo isso e porque realmente sinto a necessidade de dedicar mais tempo para outras atividades, inclusive seguir com a minha formação, resolvi rever as publicações do blog. Ah sim, e outra motivação para esta mudança é que eu pretendo publicar com mais frequência por aqui, procurando assistir a mais filmes, até para aproveitar os presentes do Cinespaço do Beiramar Shopping de Florianópolis e do Paradigma CineArte que me presentearam com cartões de fidelidade.

Desde o ano passado eu aproveitei pouco os cartões, mas quero corrigir isso neste ano em que o blog completa uma década. Assim sendo, a partir de agora eu vou publicar textos extensos apenas sobre filmes que peçam por isso.

Ou seja, na maioria das vezes eu vou publicar por aqui textos mais curtos, objetivos. Apenas grandes filmes ou produções que sejam um tanto “confusas” e que exijam textos maiores terão posts mais generosos. Espero que vocês entendam este manifesto e continuem visitando o blog. Assim como espero poder, pouco a pouco, colocar a conversa com todos vocês em dia.

A partir do próximo post vocês já vão acompanhar o blog com esta nova proposta. Espero que vocês gostem. Obrigada a cada um de vocês que visita este espaço e ajuda ele a seguir vivo. Um grande abraço e vida longa para o Crítica (non)Sense da 7Arte!