Soul Kitchen

Um grande diretor pode ser identificado pelo talento que ele demonstra ao narrar uma boa história envolvendo, para isto, o espectador com cada elemento que o cinema tem a oferecer em seu caldeirão de recursos. A filmografia que Fatih Akin vêm construíndo nos últimos 15 anos comprova que ele já pode ser enquadrado nesta categoria. […]

Kick-Ass – Quebrando Tudo

Pense em um filme violento. Ao estilo de Kill Bill, mas mais divertido. E com uma aposta marcante em três elementos certeiros para cair no gosto dos jovens: quadrinhos, internet e sonzeira. Kick-Ass mistura tudo isso em uma produção impecável. Inteligente no roteiro e na forma com que a história é conduzida, este filme surpreende […]

Cold Souls – Almas à Venda

Um filme que começa citando Descartes não pode ser ruim. Ainda mais quando a citação é um grande equívoco e, seu foco, seja a alma humana. Depois desta citação, Cold Souls mergulha nos ensaios de uma peça de teatro. Descartes, ironias sobre a alma e a interpretação de um ator integram este filme que, ao […]

Chloe – O Preço da Traição

Um filme envolvente, provocante, ousado e, até certo ponto, atrativo. Chloe joga com as palavras e a imagem de forma exata, bem calculada, mas sofre da síndrome de muitas outras produções: derrapa em saídas pouco convincentes perto do final. E o pior: de maneira ligeira e um bocado descuidada. Ainda assim, não deixa de ser […]